Jogo da Memória

Autora: Laura Bergallo
Editora: Escrita Fina
Páginas: 164

Lucca e seu avô Pietro sempre tiveram uma amizade forte e verdadeira. Lucca era o neto mais próximo dos avós e que ia visitá-los todas as sextas após a escola para trocar confidências com o avô e comer a comida gostosa da vovó. Mas o que Lucca mais gostava mesmo naquela sua família de italianos era o Jogo da Memória que todos sempre jogavam, principalmente aos domingos, e do qual seu vô era o grande campeão.

Pietro foi um homem que sobreviveu a Segunda Guerra Mundial, mas que também perdeu com ela o seu irmão mais novo e seu primeiro amor, a Giulia. Anos e anos após este período, já há tanto tempo casado com a avó de Lucca, a senhora Última, as memórias desses dias ainda habitam a mente de Pietro, e o fazem relembrar os momento de luta e de tristeza.

Em um desses momentos de devaneios Pietro conta a Lucca como foi o período em que lutou pela Itália na Segunda Guerra, como perdeu Giulia, como se tornou um prisioneiro, e como voltou pra casa. Mas alguma coisa acontece logo após ter revelado suas lembranças, pois por algum motivo Pietro começa a perder sua memória pouco a pouco.

Um dia ele sai e não se lembra pra onde foi, no outro troca os nomes dos netos, ou ainda sai de casa e não sabe mais qual o caminho pra voltar. Aos poucos a família começa a notar que o tão invejado campeão de Jogo da Memória a medida que passa a perder as partidas desse jogo também passa a perder parte de sua própria memória.

Lucca era bem jovem quando descobriu que seu avô tinha Mal de Alzheimer, que essa era uma doença incurável, que só iria piorar com o passar do tempo, mas ainda assim ele não podia deixar de lutar pelo avô que tanto amava e com quem tinha compartilhado tantos momentos bons. Por isso, junto com seus primos Gabi e Rafa, ele busca um jeito de recuperar as memórias do vô Pietro, e acaba encontrando o Shopping das Memórias.

Jogo da Memória é curtinho e leve, mas acabou se tornando pra mim uma surpresa agradável e emocionante. Apesar de tratar sobre um tema tão pesado quanto é o Mal de Alzheimer, Laura Bergallo trouxe pra estória uma deliciosa narrativa envolvendo fantasia e esperança. A autora transfere ao seu leitor de forma quase subliminar um pouco sobre essa doença tão cruel, informando seus sintomas e consequências.

É um livro que te deixa triste ao saber como a doença afeta não somente o idoso, mas também a família inteira, e que apesar de levar o tema de forma light o livro consegue mexer com nossas emoções quando paramos pra pensar que é algo que pode ocorrer com nossos avós, pais, ou até com nós mesmos. Outro detalhe é que o livro tem ilustrações feitas pela Martha Werneck, todas em escalas de cinzas, e que representam a situação daquele momento.

Jogo da Memória da Editora Escrita Fina me deixou emocionada com sua estória linda de amor e de esperança. Vale a pena ler.

Beijos e comentem!

15 comentários:

  1. O livro parece ser fofo e interessante.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser muito interessante
    Não conhecia

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu li e tbm resenhei esse livro. É uma linda história, e adorei.

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michelle, também achei isso. Não esperava tanto,mas me impressionou :D
      Beijos

      Excluir
  4. Oie,
    eu já tinha ouvido falar desse livro, mas ele não me chama atenção.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ótima a sua resenha,fiquei curiosa pra saber como a autora trata uma doença como Alzheimer de uma forma leve, se tiver oportunidade vou ler!
    BEIjos!

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei muito dessa capa!! Achei linda!
    A história me pareceu emocionante, mas eu não me interessei muito.... Sempre fico muito triste com livros assim....

    ResponderExcluir
  7. Já tinha achado a capa uma gracinha, Mal de Alzheimer é uma doença traiçoeira, ela vai aos poucos apagando quem conhecíamos :( Vou colocar na lista

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ok, apenas lendo a sua resenha eu me emocionei.
    Agora deixa eu me explicar. Bom, faz dois anos que eu perdi meu avô, que tinha Mal de Alzheimer e Parkinson. Ele sempre foi meu pai e a perda dele foi muito triste e mais triste ainda conviver a realidade e ver a pessoa deteriorando aos poucos. Essas duas são muito triste e eu não as desejo a ninguém.
    Agora, eu realmente PRECISO ler esse livro. Parece ser uma linda história, que espero que tenha um final feliz, diferente da minha "/
    Beijinhos
    Segredo de um Mundo

    ResponderExcluir
  9. Amiga que resenha maravilhosa. Esse tema é bem delicado mas precisa ser bastante divulgado pq muitos nao sabem como lidar com pessoas que desenvolvem essa doença avassaladora. Até hoje lembro de Allie da história do Sparks - Diário de uma paixão ... Ela tinha essa doença =\
    Enfim esse livro deve ser realmente interessante, além de misturar fantasia nesse contexto, dando assim a esperança da cura!!!!
    Valeu pela dica. =)

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro... mas parece ser bem interessante! Gostei da resenha ;)

    Bjs
    theplugados.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia esse livro, mas achei interessante por ele envolver uma doença tão comum e nem tanto comentada. Gostei como ele relata o envolvimento da família, tenho algumas amigas com avós nessa situação e vejo como é triste.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse livro! Ele parece ser interessante, mas não faz muito meu estilo de livro.

    ResponderExcluir
  13. A capa é linda e a resenha me deixou bem interessada ;)

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar sua opinião! Beijos!

 
No Limite da Leitura © Copyright 2013 | Design por Camila Darc | Todos os direitos reservados.